terça-feira, 21 de abril de 2015

#66 - ISSO, José Ricardo Nunes

(e. e. cummings)

"Isso que o realejo toca",
não a música, apenas
isso, a intensidade abstracta

de uma linguagem condenada
pela amplitude do sentido,
mas apta para garantir

um pouco de paz e suster
as vozes que fluem no vazio,
isso que guardas,

desde que tens rosto,
com sorte poderás ler
ou arrancar de ti.

Sem comentários:

Enviar um comentário

#91 - HOMERO, Sophia de Mello Breyner Andresen

Escrever o poema como um boi lavra o campo Sem que tropece no metro o pensamento Sem que nada seja reduzido ou exilado Sem que nada separ...